6 de junho de 2016

O charme discreto dos cabelos brancos...

0 COMENTÁRIOS
Quando os cabelos brancos chegam, nossa primeira reação é querer arrancá-los. Passado o desespero, bate a dúvida do que fazer com eles: combater ou aceitar? Segundo o cabeleireiro João Bosco, do Marcos Proença Cabeleireiros (SP), na antiguidade, o cabelo era símbolo de status, poder, força. “Podemos dizer que o mesmo acontece até hoje, pois o tipo de cor e corte, assim como o estilo do cabelo diz a qual grupo você pertence, quais lugares você frequenta, a sua personalidade”, diz.

Segundo João, o cabelo colorido demonstra cuidado com estética, com a imagem, e transmite a mensagem de juventude, beleza e força. “No Japão, por exemplo, os homens colorem os cabelos da cor natural e só deixam de colorir quando se aposentam”, comenta.

Por outro lado, no pós-guerra, as europeias começaram a se libertar dos trajes acinturados, das camadas de vestidos e também das tintas de cabelo. “Foi símbolo de força e igualdade entre os sexos. Esse conceito foi aceito e mostra que mulheres podem, sim, se sentirem bonitas, atraentes e ao mesmo tempo fortes e seguras com seus cabelos brancos”, diz.

Rodrigo Lima, hairstylist e diretor criativo do Circus Hair (SP) concorda e acrescenta: “É possível deixar o cabelo branco natural se essa for a vontade. Assim como colorir se a pessoa gosta de cor. O que está por trás de tudo isso é que a decisão agora está com a pessoa e não mais com uma indústria”.

E você, já sabe o que vai fazer?

1. Quero colorir!
Manter as madeixas impecáveis dá trabalho, muito trabalho, mas você fica linda, muito linda! Quem explica tudinho é o cabeleireiro João Bosco (@jobosco), do Marcos Proença Cabeleireiros (SP).

Quando começo? A hora correta para quem não está a fim de assumir os branquinhos é quando eles começarem a incomodar.
Vou ter de ficar loira? Uma mulher não deve ficar loira porque começou a ter fios brancos, a não ser que ela tenha esse desejo. A primeira cor deve respeitar o tom natural do cabelo e ser feita apenas nos fios brancos, com a técnica fio a fio, que significa passar tonalizante com pincel fino apenas nos brancos sem colorir o cabelo por completo.
Não posso mais deixar cabelão? Na verdade, tudo pode! O cabelo deve fazer se sentir segura, bonita e confortável com seu comprimento. O corte pode condizer com o momento, e se você gosta de moda e acompanha tendências. Ou pode ter um estilo seu. Por exemplo: A Suzana Gullo usa franja, e a franja faz parte do estilo dela. Ela muda o comprimento, deixa reto, repica, deixa liso, ondula, mas mantém a franja. 
Coloração ou tonalizante? Tonalizante é melhor. A coloração permanente só deve entrar em cena quando o tonalizante não der mais conta de colorir os brancos. O cabelo colorido deve ser tratado com produtos específicos pra ele.
Como é a manutenção? A manutenção é de acordo com o crescimento. Os intervalos podem variar para cada cabelo entre 2 meses e 15 dias.

2. Quero assumir!
Aceitar os brancos é uma questão de atitude! E também requer cuidado. O Rodrigo Lima, hairstylist e diretor criativo do Circus Hair (@circushair) (SP), ensina tudinho.
Como começar a deixar os brancos aparecerem? Não há regra, depende do quanto essa decisão já está bem elaborada pela pessoa. Há a opção do reflexo bem claro para tirar a antiga coloração, e deixar crescer aos poucos até assumirem a totalidade. As mulheres com alguma coloração ou boa parte dos fios escuros podem começar do zero, realizando cortes periódicos como se fosse um período de transição.

E se minhas mechas brancas forem espalhadas? Sempre existe como alternativa o reflexo branco platinado. Ele imita a condição do fio branco e pode dar mais harmonia, espalhando as mechas de forma mais natural.
Não posso mais deixar cabelão? Não tem regra, a decisão final é somente sua. Se ela gosta de um cabelo curto, vale a pena experimentar e fazer um corte moderno e diferente. Mas também pode tentar deixar o cabelo longo, sempre cuidando pra que o resultado fique bonito e elegante.
Precisa tratar? Sim, requer mais cuidado, pois o fio branco é mais grosso do que o normal e geralmente tende a ter mais frizz.
Como cuidar? Fazer hidratação constantemente, em casa e no salão. E também troque o seu xampu comum por um específico, como silver, que é destinado a retirar o amarelado.
 P.S. Deixei meus cabelos brancos bem naturais, bem cuidados e sinto-me bem mais interessante com meu look terceira idade... 

Fonte: UOL Notícias.

21 de maio de 2016

Ana Hickmann sofreu um atentado em Belo Horizonte...

0 COMENTÁRIOS

A violência no Brasil está mesmo assustadora, não dando trégua nem em espaços tidos como de alta segurança. Prova disso foi o ataque surpreendente sofrido pela apresentadora da Record em um hotel de Belo Horizonte (MG).
Ana Hickmann sofreu uma tentativa de homicídio na tarde deste sábado (21), em um hotel em Belo Horizonte (MG). Um homem chamado Rodrigo Augusto de Pádua, de 30 anos, invadiu o quarto onde ela estava hospedada e tinha intenção de atirar na apresentadora, segundo informações da Polícia Militar. Ele se dizia fã de Hickmann e foi morto pelo cunhado da artista.
"Um fã teria se aproximado, atirado e uma assessora que não é parente da Ana Hickmann foi baleada, levada ao hospital Biocor e passa bem. Ana não foi atingida", informou um tenente da Polícia Militar de Belo Horizonte à repórter do "Brasil Urgente", da Band. Um major disse que o atirador hospedou-se no mesmo hotel.
O "Cidade Alerta", da Record, informou que a cunhada e assessora de Ana Hickmann, Giovana Oliveira, levou dois tiros, um no abdome e outro no braço. Ela realizou um procedimento cirúrgico que durou cinco horas.
De acordo com o Boletim de Ocorrência, o suspeito estava no corredor do 9º andar do hotel, abordou o cunhado de Ana Hickmann, Gustavo, e o levou até o quarto. O suposto fã fez a apresentadora, o cunhado e sua mulher de reféns e obrigou os três a se sentarem de costas para ele, informou o programa da Band.
Em seguida, o indivíduo começou a destratar a vítima com palavras pejorativas e de baixo calão. O cunhado, Gustavo, levantou-se e foi em direção ao criminoso, Rodrigo, que efetuou dois disparos em Ana Hickmann, mas os tiros feriram a assessora, informou o Boletim de Ocorrência.
Segundo o boletim, "as vítimas saíram correndo do apartamento, e Gustavo entrou em luta corporal, conseguindo desarmar o agressor".
O "Brasil Urgente" também informou a resposta do hotel Caesar Business, na zona sul de Belo Horizonte, onde Ana estava hospedada. Ela lançaria sua coleção de roupas na cidade. "Em comunicado, o hotel lamenta que no local Ana tenha sido vítima de ataque de um suposto fã".
Nas redes sociais, famosos repercutiram o atentado sofrido por Ana Hickmann e desejaram melhoras para a cunhada dela.
Esse cara deve ser um psicopata. Que razões teria para desacatar e assassinar uma pessoa da qualidade de Ana? Nenhuma, certamente, pois  a apresentadora prima pela delicadeza, boa educação e gentileza com as pessoas que a cercam ou procuram. 
Graças a Deus, ela não sofreu ferimentos, está bem e logo mais estará de volta a São Paulo. 

13 de maio de 2016

A sofrência sem remédio de Ex-BBBs esquecidas!

0 COMENTÁRIOS

Nesta quinta-feira, dia 12, estreou a segunda temporada do Tá No Ar, o programa de humor comandado por Marcelo Adnet e Marcius Melhem. O humorístico manteve o que deu certo no ano passado e acrescentou novidades. E um dos quadros que mais chamou a atenção foi um em que os humoristas detonam sem dó os ex-BBBs. A turma que já esteve no reality foi mostrada com uma mistura de mendigos com zumbis ou algo entre essas duas coisas. 
Os ex-brothers, representados por atores, surgiram todos com roupas rasgadas, sujos e procurando um restinho de fama de qualquer jeito. O desespero era grande. Essa verdade deve ter cutucado o ego inflado, especialmente da ala feminina do reality global, com especial relevo para as que fazem de tudo para não caírem de vez na vala do esquecimento e, assim, perderem o único emprego que tem em suas vazias vidinhas: o de ex-bbbs, catadores de presencinhas vip até em festinhas do interior mais atrasadinho, programinhas de auditório em emissoras do terceiro escalão, eventos em feiras e festinhas populares, num esforço penoso para faturarem um dimdimzinho que as mantenham, sem precisarem buscar um trabalho sério e digno. 
É divertido ver que até mesmo a Globo, que exibe o BBB, também faz piada em cima da cultura do BBB que se instalou desde o início do programa. É uma auto-ironia engraçada e curiosa de se ver. Eu adoro as gozações, a retratação do ridículo dessas figuras sem noção, apegadas a uma famazinha tão pobrinha!
Aliás, o retorno do Tá No Ar mostra que Adnet e Melhem continuam em grande forma e o programa mantém seu nível de diversão. Ponto para a dupla.
Fani Pacheco, Anamara, Nathalia Caçassola e Priscila Píres, são as mais fissuradas no passado bbzistico. Quando estava em lua-de-mel com a Globo, Fani Pacheco era uma das ex-BBB queridinhas da produção. Uma das protagonistas da sétima edição do reality, onde inaugurou a era da devassidão debochada no programa, com espetáculos de bebedeiras, sexo e outros comportamentos lastimáveis. Ela tentou aparecer em diversas edições e conseguiu retornar ao confinamento no BBB 13, gorda, decadente, emocionalmente desequilibrada e barraqueira. Claro que foi defenestrada no primeiro paredão que enfrentou. Saiu compreendo briga com Boninho, culpando-o pelo seu fracasso, por ter-lhe negado os remédios controlados que a mantém tolerável no convívio. Como temia cair no ostracismo junto a produção do programa, abafou a ira e continuou na bajulação com os fortes globais.
Agora que a lua de mel acabou, que a relação azedou, a delirante criatura anunciou que vai processar a Globo. Pois é, a mais querida representante de Nova Iguaçu anda se esgoelando, botando a boca no mundo, inclusive em outras emissoras. Claro que numa tentativa de aparecer, de sair do esquecimento em que inevitavelmente caiu, considerando as muitíssimas jovens bonitas que a sucederam, bem como o pouco interesse que o programa vem despertando na midia. Só que as pobres meninas não conseguem cair na real.
Ontem, por exemplo, ela contou no 'Superpop' que, como muita gente já desconfiava, a produção passa informações externas para os confinados — a ideia é que os participantes não saibam NADA sobre seu desempenho nem sobre o que acontece fora da casa. Sempre desconfiávamos de que os espelhos da casa tinham voz, eram falantes e davam dicas para as queridinhas da produção. 
"Existiam coisas que nem sei se eu podia contar, porque esqueci de perguntar para o meu advogado, mas vou falar (pera aí, essa moça é advogada, não conhece as leis?). Existem coisas que acontecem nos bastidores, pelo menos comigo, que te incentivam a continuar no programa. Tipo você estar no espelho se olhando e alguém lá atrás se comunicar com você. Contar que você está indo muito bem. Falar: 'Continua aí, que o povo te ama. Isso não está no regulamento." Vixe! A voz do espelho ainda por cima era mentirosa: a mulher teve uma trajetória triste no BBB13, pior do que já fora no BBB7. 

A ex-BBB no 'Superpop': ela diz que decidiu processar a Globo ao ver o sofrimento de Ana Paula Renault. Que sofrimento? Ó, Pai! A mulher endoidou de vez! Ana Paula saiu da casa, direto para a fama, ganhou um quadro no programa vespertino Video Show. Oportunidade que Fanni nunca teve, nem poderia... Afinal, ela não chega a amarrar as botinhas da protagonista do BBB16.
Fani diz que a interferência aconteceu no BBB 13 e que isso chamou sua atenção porque nada parecido havia ocorrido na primeira vez que participou do programa. Claro, baby! Os espelhos se tornaram falantes a partir do BBB9, dando recadinhos para a queridinha de Bial e Bonis, Priscila Pires, a que mandou colocar um piercing na xoxota com as letras BBB, ou seja: Bial, Boninho e Brasil; a que enviou uma calcinha de oncinha para Bial, em seu aniversário, muito bem celebrada e cheirada ao vivo e a cores na edição.
Perguntada se processaria a emissora caso tivesse vencido o programa, Fani disse que sim. "Estava muito pau da vida quando saí. Desenvolvi Síndrome do Pânico e fobia social. Que é que é isso, Fanni? Estava pau porque é uma arrogante, se acha a oitava maravilha do mundo e não enxerga nada além do próprio umbigo. Fobia social? Que piada! Menos, Fanny, muito menos. Quem sabe se arranjasse um trabalho, as coisas melhorariam... Ser Ex-BBB não está dando ibope, fia! O tempo em que participantes de realities faziam um sucesso incrível, já se foi. 
A vencedora do BBB16, uma linda mocinha pouco é noticiada, embora viva a ilusão de que vai ser atriz de novelas e cinema, está gastando os tubos para manter uma equipe de cinco profissionais para fazer o milagre de transformá-la em uma Grazzi Massafera! É muito novinha e teimosa... Pode dar com os burros n´água e ficar sem os milhões, gastos com tais fantasias.

7 de maio de 2016

Ex-BBB, D.GG no Miss Bumbum da Terceira Idade 2016!

0 COMENTÁRIOS


A confirmação de que Dona Geralda, ex-participante do "BBB 16", vai disputar a primeira edição do "Miss Bumbum Melhor Idade" já está dando o que falar. E não é para menos, mesmo diante das estapafúrdias inovações que explodem na dita sociedade moderna! Meu são Benedito! Pensei que já tivesse visto tudo nesta minha alongada vida, mas percebo que não vi nada, que os fotos e acontecimentos inusitados, extravagantes, surpreendentes e impensáveis estão apenas começando! Morro e não vejo tudo!
Em conversa com o EGO, algumas jovens e vitaminadas competidoras das edições anteriores do concurso deram dicas para que a ousada e insana vovó do reality show possa sair com a faixa de mais belo popozão maduro do Brasil. Ai, Minha Santa Urack! Isto deve ser deboche! Vai lendo as sandices das popozudas...
"Achei ótima a ideia do concurso, pois as mulheres sessentonas de hoje em dia são bem diferentes daquelas de anos atrás, elas dão show em muitas de 20. Mas acho que, para ganhar, a Dona Geralda vai ter que largar o cigarro, focar nas atividades físicas e manter uma boa alimentação", aconselha Claudia Alende, vice Miss Bumbum 2014, que ficou famosa por ser sósia da atriz Megan Fox. Conselhos sábios de quem tem miolos de camarão na cabeça vazia. A miss revela ter uma inteligência aBundante, de fato!
Pegar pesado na alimentação, aliás, também é a dica de Suzy Cortez, Miss Bumbum 2015, outra inteligentíssima e douta entendida em beleza na terceira idade: "Acho bacana Dona Gê participar, mas acho que ela precisa de uns cuidados. Além da alimentação, tem que caprichar nos exercícios de agachamento e quatro apoios para deixar o bumbum mais durinho e redondinho", diz ela, apontada como sósia da apresentadora Daniela Cicarelli. Está evidente que esta bunda falante é um gênio! Se não é, então está de deboche com a ousada e feiosa vovozinha, deficitária de massa glútea  e, com as pouca gordurinha ainda existente já bem despencada, como vimos em suas aparições na piscina da casa do BBB16! Nem um mulagre de Santa Gretchen levantaria o bumbum de D. Ge!
Jéssica Lopes, Miss Bumbum Inglaterra, outra sumidade no mundo das popozudas, acredita que as animadas senhoras podem também fazer uso de tratamentos estéticos para chegarem com tudo em cima na grande final. "Não é por elas terem mais de 50 ou 60 anos que não podem fortalecer o bumbum. Eu, como sempre expus, sou a favor dos procedimentos estéticos para ficar ainda melhor", opina ela, que ostenta a faixa de campeã de 2014. 
Sheyla Mell, Miss Bumbum México 2015, outra genial especialista em assuntos popozisticos, acredita que, mais do que ter o bumbum na nuca, a vovó do "BBB 16" e as demais competidoras precisam mostrar atitude na passarela. "A Dona Geralda é uma fofa e a minha torcida já vai pra ela! Tem mais coragem do que muita modelo por aí. Tem que confiar, arriscar e se divertir muito também. A minha dica pra ela é curtir muito todos os momentos e ‘divar’ na passarela, sem se preocupar com o que as pessoas vão falar. Afinal, bem ou mal, vão falar sempre.", acredita ela. Esta é a mais douta dentre todas as bundalhudas... Só esqueceu que as velhotinhas glamourosas não tem desconfiômetro, nem senso de auto-crítica e respeito por si mesmas. 
D. Geralda no BBB16.
"Muita coragem dessas senhoras, ou ausência absoluta de auto crítica, de senso do ridículo e de respeito por si mesmas. O tempo para concurso de beleza já passou, é elas não se dão conta de que nada tem para mostrar, a não ser as carnes flácidas, o corpo judiado pela lei da gravidade e o andar pesado típico das senhoras sexagenárias...
Assim, nem todas as ex-participantes apoiam o novo concurso ou a participação de Dona Gê. Sabrina Boing Boing, que participou da competição em 2015, afirma que, caso a ex-BBB fosse sua mãe ou avó, jamais deixaria ela se inscrever. Certíssima! Eu jamais permitiria que a minha genitora se expusesse de forma tão perversa. Consentiria que participasse de um concurso de beleza para a terceira idade, muito bem vestida num longo estiloso, bem penteada e maquilada. 
"Acho que cada um é livre e tem que fazer o que se sente bem. Porém, acho que um concurso de Miss Bumbum, onde você vai expor o corpo, o bumbum, é um pouco demais. Se fosse minha mãe ou minha avó eu falaria igual a um meme da internet: 'seje menas'", criticou ela. Porém, antes que seja acusada de algum preconceito, Boing Boing se apressa em dizer que não acredita que as senhoras de hoje precisem ficar em casa cuidando dos netos ou fazendo tricô. Elas podem, sim, ter uma vida mais movimentada, porém - na opinião da loira -, sem deixar o bumbum de fora.
Certíssima a Boing Boing! Subiu no meu conceito!  

Fonte e fotos : 
Rodrigo SoaresDo EGO, em São Paulo


29 de abril de 2016

Como se tuas mãos fossem asas de anjo!

0 COMENTÁRIOS

Que os teus braços me envolvam como se as tuas mãos na minha cintura fossem asas de anjo. 

Toca-me mansamente e leva-me ao som da melodia sedutoramente envolvente. 

Leva-me para espaços inebriantes onde as tuas mãos me amparam nos sons musicais suaves e entontecedores que nos cadenciam os passos ao ritmo que nos leva, sem gritos, sem memórias, sem apelos que provocam e seduzem como se o ontem não tivesse acontecido.

Há tanto ritmo no meu corpo e há tanta sedução em ti. 

Vem comigo alegrar a vida ao compasso da melodia que nos une, quero ser a rosa que te prende com a sua fragrância. 

A valsa parou e nós paramos, sem som e sem magia sentimos a paixão que nos segreda. 

Comove-me a ligeireza do teu toque acetinado, mas não há, efetivamente, amor maior do que aquele que nos sabe agarrar, prender, enfeitiçar com um sorriso, um olhar e um toque quase imperceptível que nos abre o coração.

(Maria Elvira Bento, poetisa portuguesa. Blog: Brumas de Sintra)
(Foto: Elie Saab)