12 de dezembro de 2014

As mulheres estão mais agressivas

1 COMENTÁRIOS

As mulheres estão mais agressivas? Para responder a essa pergunta, temos de conceituar agressividade, que pode tanto significar iniciativa quanto hostilidade. Iniciativa é, nesse caso, entendida como assertividade, disposição para ir atrás do desejo ou necessidade. Em certos momentos, os significados de “garra” e “briga” podem até se confundir, pois é necessário que se tenha iniciativa para brigar, assim como um espírito guerreiro para não se subjugar.
Nossa cultura tem uma dificuldade quase endêmica de lidar com assertividade, frequentemente confundida com comportamento agressivo, quase mal-educado. Dizer como queremos algo, não aceitar passivamente o que nos é dado, reclamar do que nos desagrada, questionar comportamentos, tudo isso não é muito bem-visto na cultura simpática do povo brasileiro, o que gera, muitas vezes, um comportamento passivo nas pessoas, cujo objetivo é agradar o outro.
Quando a agressividade tem como principal conotação a iniciativa, ela pode ser bem-aceita pela sociedade, pois implica em luta pelo que se deseja. A desistência de um comportamento típico de vítima, passivo, permite a melhora da própria qualidade de vida. Nesse caso, a mulher batalha para trazer para si o que quer. Na luta para poder participar do sufrágio universal, por exemplo, as mulheres tiveram de se impor, batalhar. Isso parecia agressivo, e os homens tentavam acusá-las de agressivas, mas não havia outro jeito de se fazer ouvir, de lutar pelo direito de participar da sociedade de forma integral, com direitos iguais.
A linha que separa a agressividade com ares de iniciativa daquela com características de hostilidade é, às vezes, muito tênue.

Entenda a diferença

Quando a agressividade vem acompanhada de comportamentos de hostilidade, quando então o diálogo é substituído por gritos, tapas e xingamentos, há claros sinais de que algo não vai bem. Muitos podem ser os motivos para que a mulher fique mais agressiva de forma negativa, e citarei alguns a seguir.
Depressão, baixa autoestima e insegurança são alguns dos problemas que podem estar presentes nesse caso. Aliás, aumento da irritabilidade é um dos sintomas avaliados pelos psiquiatras para diagnosticar depressão.
A alteração do sono, por exemplo, pode aumentar a irritabilidade. Com tantas atividades ao longo das 24 horas do dia dorme-se menos que o necessário, o que torna a pessoa mais impaciente, mais agressiva. Sacrificar o sono para atender a todas as demandas do trabalho e da família acaba por gerar comportamentos agressivos, mesmo quando não é esse o desejo da mulher.
Falta de reconhecimento é outro item da lista de eventuais motivos para o aumento da agressividade da mulher. Sem saber o que está conseguindo realizar com sucesso, sem reconhecimento positivo por sua luta diária, sem o agradecimento de ninguém, como se tudo o que ela faz fosse nada mais do que sua obrigação, não há como sustentar o bem-estar. A mulher fica mais zangada e, consequentemente, mais agressiva.
Baixa autoestima pode aumentar a agressividade. É, então, uma forma de se fazer ouvir, de tentar expressar sua existência. Sentir-se sem valor, incompetente, sentir-se feia ou gorda e não saber se está correspondendo às expectativas da sociedade, tudo isso pode tornar a mulher defensiva. E um jeito comum de se defender é atacar.
Ainda podemos incluir nos eventuais motivos para o aumento da agressividade da mulher a falta de lazer, as alterações do ciclo de vigília e sono, a má alimentação por conta de muitas dietas e as relações sociais efêmeras que não criam sensação de segurança e proteção, tão necessárias para a tranquilidade emocional.
Se houve de fato um aumento na agressividade feminina eu não sei, parece que sim. Mas é certo que o estresse do cotidiano a que a maioria das mulheres está sujeita atualmente pode favorecer o incremento de comportamentos agressivos.
Muitas vezes a agressividade é usada como uma defesa
Por medo de não ser ouvida, a mulher pode acabar gritando mais alto do que o necessário, aparentando uma agressividade que é, na verdade, pautada no medo e na insegurança, e não é de todo assertiva.
Em resumo, lutar para conseguir o que se quer é muito bom. E, visto que cada vez mais mulheres buscam maior espaço na sociedade, o importante é elaborar a forma de ser agressiva, com tranquilidade, e não pela força e pelo grito. Dá para ser assertiva sem ser agressiva.

Por Dra. Vivian Behar, psicóloga. Atualmente trabalha no CESAME - Centro de Saúde Mental Moreno

8 de dezembro de 2014

Substituição de Drica Moraes em Império não convence...

0 COMENTÁRIOS


Deus nos acuda! Como podemos ficar sem Drica Moraes justo no momento mais palpitante da novela Império? Nada contra Marjoire Estiana, mas é jovem demais para se fazer passar por Cora, uma quarentona com todas as marcas do tempo no rosto.


Ignoro a verdadeira razão do afastamento da talentosa atriz, falam em crise de labirintite. Não acredito, mas... Deixa para lá! Não é isto o que importa, mas sim o prejuízo para o sentido da trama. 
Não consigo ver no rosto de jovem de Marjoire Estiano a mínima semelhança com o de Drica. Com isto, a excelente novela está parecendo pegadinha, brincadeirinha de mau gosto com o público que acompanha e gosta do folhetim. Preferia que cortassem o episódio da "noite de amor" com Cora, que o autor encontrasse uma outra saída para a recuperação dos pedaços do diamante... Que falta de imaginação do autor! Esperar que os telespectadores aceitem a surrealista troca de atrizes é considerar a todos retardados.
Não dá para engulir essa indigesta troca! Não dá mesmo!  

28 de novembro de 2014

A noção contrastante da beleza feminina.

0 COMENTÁRIOS


Gracyane Barbosa, mulher do cantor Belo, Tem o maior orgulho desse corpo deformado que conseguiu malhando pesado em academias, pegando ferro e, quiçá, tomando bombas. O resultado é essa caricatura de mulher, com corpo masculinizado e destituído da típica beleza feminina. O exagerado silicone nos peitões faz a fulana parecer um travesti. 


Nesta foto acima, as veias saltadas nos braços, o bundão enorme e desproporcional com a cintura seca, só combina com as pernas e coxas de jogador de futebol. 
Não consigo entender como uma mulher faz tantos sacrifícios e esforços para se tornar tão feia e deformada. 

Em contraste com a musa de Belo, vejam abaixo a bela e super feminina ex-BBB Francine Piaia. Linda, natural, sem silicone nos belos seios.


Francine exuberante e muito mulher em traje transparente. Linda, linda, e uma raridade em termos de beleza natural, livre de proteses de silicone nos belos seios, cintura fininha e curvas femininas. Uma gatinha!


É, de fato, um contraste aberrante na forma de conceber a beleza do corpo da mulher. Entre a mulher masculinizada e a mulher feminina, não tenho dúvidas sobre o que considero um protótipo de beleza tipicamente feminina: Francine Piaia. Gracyane parece-me uma piada de mau gosto...

3 de novembro de 2014

Eros liberto: a poesia erótica de Glória Tupper.

2 COMENTÁRIOS

Da minha estréia na blogosfera até chegar à descoberta de que nem tudo nela é uma viagem errante através de uma nebulosa, na qual nada realmente gratificante e proveitoso há para oferecer, levou um alargado e desperdiçado tempo que, graças à passagem do tempo já não passa de poeira de vagas lembranças destinadas à terra do olvido absoluto. Na medida em que, em minhas deambulações, fui descobrindo o lado luminoso e fascinante que existe no mundo virtual, retomei o entusiasmo por este universo paralelo que se abre em possibilidades múltiplas de realizações e de contatos sociais muito gratificantes. Todavia, o que não esperava encontrar era o elo quase perdido com a literatura feminina. E ele ali estava, diante de mim, na melhor e mais prazerosa surpresa que me foi a descoberta de mulheres escritoras, talentosas e inteligentes, autoras de poesias, narrativas de ficção e crônicas de grande interesse e qualidade estético-literários. Apaixonada pela literatura, especialmente a que é produzida pelas mulheres, senti-me feliz por ter encontrado o porto seguro que buscava na leitura dos textos de Glória Tupper, de Mariza Lourenço e de Layla Lauar, três talentosas escritoras e mulheres de personalidades fortes, modernas e antenadas com formas de poetar em voga nos horizontes da melhor expressão literária.
Na abertura desse blog, dedicado à Mulher, prestei a minha homenagem especial a Glória, administradora de dois blogs: Avesso de Mulher, no qual ela expõe seus trabalhos literários, e o blog de variedades MariquinhaMaricota, onde exerci uma breve colaboração, feita com muito gosto e alegria. Todavia, antes de entrar na apresentação e comentários dos textos poéticos de Glória, necessário se faz algumas ponderações sobre a poesia erótica, gênero dominante do discurso da poeta, como é no de tantas mulheres que ousaram e ousam, desenvoltas e cheias de dignidade, libertarem-se dos espartilhos da auto-censura, do receio de exteriorizarem suas emoções, seus sentimentos e os seus multifacetados desejos vividos e/ou imaginados.
A poesia de Glória Trupper inscreve-se na vertente erótica do lirismo contemporâneo, desenvolvendo a temática do corpo liberto dos tentáculos da repressão. Ela segue pelos caminhos libertários dos que fazem uma literatura transgressiva em relação aos tabus culturais e religiosos que interditaram durante séculos, principalmente à mulher, a expressão da sua sensualidade. Com efeito, Glória busca exatamente realizar uma literatura que se erga como um libelo em favor da liberdade de expressão. Se tivesse tentado publicar tais poesias até a década de cinqüenta do século XX, decerto teria sido esmagada pela crítica defensora da moral (falsa moral) e dos bons costumes, como foram tantas escritoras até meados do século passado.
Vale lembrar que, apesar da revolução modernista, somente após a segunda guerra mundial as mulheres começaram a invadir o círculo fechado da literatura. No início, ainda timidamente, depois com ímpeto e atitude, figuras femininas notáveis estreavam nas letras, não apenas em quantidade surpreendente como em qualidade excepcional. Nas obras destas poetas, além da evidente identificação com as “novidades” estéticas e temáticas trazidas ou ressuscitadas pelos modernistas, avulta a retomada do discurso erótico inaugurado no lirismo feminino português por Florbela Espanca e Judith Teixeira e, no Brasil, por Gilka Machado. Tal retomada foi, talvez, uma tomada de consciência por parte das mulheres do quanto ainda havia de repressão no que toca a expressão da sexualidade feminina, seja na vivência íntima de cada uma, seja do próprio discurso literário, amordaçado para qualquer manifestação erótica por parte dos ideólogos e defensores da moral e dos bons costumes.

LEIA MAIS, clicando na frase abaixo.

25 de outubro de 2014

O Que Tem Por Vir é Sério, Muito Sério!

0 COMENTÁRIOS


Sem photoshop e sem exageros. Esta
 é a verdadeira face que você não vê!

Chegou a hora de se falar um pouco mais sério. De prema - O PT não perderá as eleições. Em jogo estão coisas muito sérias, muito a mais que apenas a liderança. Um estado de crime e mais, um estado de enganação e subjulgação de toda uma nação está em jogo a ser totalmente aberto, para o conhecimento de TODOS. E certo é que NINGUÉM iria aceitar uma coisa dessas. Quem aceitaria trabalhar de graça pra sustentar um outro arrogante e metido a besta, que na verdade não tem sequer capacidade para o que quer que seja, enquanto para o sustentador nada sobra, ou se sobra, são apenas migalhas??


Perder as eleições significa cadeia. Significaria a descoberta de inúmeros crimes, sistemáticos. Significaria a descoberta de que todas as eleições passadas foram feitas e pavimentados sob pleitos que deveriam ter sido anulados... que levariam a um sumário impeachment.
De assassinatos a desvios vultosos, tanto o quanto lavagem de dinheiro, inclusive no uso dos recursos de campanha.
Perder seria a anulação de uma agenda muito bem composta no FORO de SÃO PAULO... (e porque será que o FSP não é abertamente divulgado?) agenda esta que propõe o desarmamento da população frente ao que seria/será executado. Isso, por si só já se diz! Isso por sí já se diz das primeiras decisões tomadas por um presidente dos mais cafajestes e pilantras... um ser humano desprezível.

Para o cumprimento desta agenda, varias instituições pilares de uma república teriam de ser minadas...cooptadas... e por fim aparelhadas.
O problema em cena é que para aparelhar uma instituição independente e autônoma, apenas colocando cabeças compradas em locais de liderança(e sem qualquer preparo na área) põe em xeque todo o restante do corpo que, ameaçados, seus componente em uma hora qualquer tentarão se defender...defender seus lados. E é justamente isso que vem acontecendo! É justamente este o resultado das investigações da PF que ligam inúmeros componentes do governo e todo um partido, em crimes de lesa-pátria (grave, gravíssismo!!).
A ser descoberto está a reunião de diversos marginais que criam uma organização criminosa, travestiram-na de partido político, tomaram um país de forma dissimulada e o cooptaram para interesses escusos e de prejuízo ao próprio... assim como parasitas.
A ser descoberto está o porque da faltas em infraestrutura, de estrutura e estados fundamentais ao pleno funcionamento e crescimento de uma administração e nação.
A ser descoberto está o porque tudo o que aqui deveria ser feito, vem sendo feito em outros países de esquerda...dos antigos “cumpanherus”!
...a ser descoberto está um “ROSEGATE” que expõe o inegável fato de se tratarem de farsantes e marginais...nada a menos que disso.
...a ser descoberto todos os roubos e desvios. Do enriquecimento de seus integrantes. Do desvio de todas as riquezas do brasil para outros países compostos e governados por marginais... iguais ...comparsas ...cumpanherus de crime.
Por segundo - Ante a perda das eleições, da possibilidade de estarem e serem descobertos, tudo farão. A continuidade de seus crimes e da vida criminosa - não conhecem outro tipo de vida senão da parasitária! – depende de qualquer sacrifico e tudo farão!
O “pai dos pobres” pode ser descoberto no que realmente é, ou seja, apenas um farsante, um criminoso... isso, ate pouco tempo era inimaginável aos que conheciam sua verdadeira natureza. Hoje a possibilidade bate a porta.
A sociedade vem brigando pelo fim deste estado de coisas. As instituições vem fazendo a força possível para a desconstrução deste projeto. As forças políticas antagônicas, mesmo que atadas pelas chantagens, vem tentando se movimentar a um confronto.
No jogo estão presente as Forças Armadas, Polícia Federal, Ministério Público e outras instituições republicanas. Falamos dos corpos e não das cabeças dessas. Componentes dignos que de baixo e em suas estruturas sustentam esses pilares. Ao contrário de seus comandos.
Abrindo o ângulo de visão. Os crimes são tão diversos, tão graves e em numero tal que seria praticamente impossível não haver um impeachment e a suspensão definitiva da legenda deste “partido”. Porém o mais grave, o que há de maior peso é que toda a riqueza, todo o dinheiro a ser investido aqui foi desviado para outras nações, grupos financeiros e governos dos mais vergonhosos. Aqui não há estradas, hospitais, portos, aeroportos...enfim, aqui não há nada do que acabamos de financiar e produzir para os lá de fora, durante esses 12 anos de desgoverno desta quadrilha.
As obras bilionárias que estavam escondidas, dissimuladas, aos poucos estão sendo descobertas, mas num tempo bem curto...recente! Esta sendo descoberto todo o desvio das riquezas do brasil para o sustento de outros países comandados por cumpanherus”...sustentados por nós!!!
Não há a possibilidade de que todo o descoberto fique nisso mesmo...que tudo volte ao normal. De que, com este panorama, as Forças Armadas vivam sob esta vergonha. Que as instituições se calem (assim como vive atualmente a OAB, que deveria ser um exemplo) e assim convivam. Que o brasil continue trabalhando para sustentar sociedades parasitárias, improdutivas e fantasiosas!, enquanto vive com muito pouco do que produz...apenas com as sobras!
O JOGO HOJE ESTÁ DESCOBERTO. SABEMOS PORQUE NÃO CRESCEMOS, PORQUE NOS FALTA TUDO EM TERMOS DE ESTRUTURA E INSFRAESTRUTURA. O PORQUE DA INFLAÇÃO E DO ACOBERTAMENTO DO CRESCENTE DESEMPREGO!
Porém. no jogo há o fator "urnas eletrônicas...!!!
A possibilidade de tudo correr normal é muito pequena, quase nula. A possibilidade de uma composição para o não abalo de toda uma sociedade é temerária, dado a falta de caráter da outra parte, vide a transgressão no acordo da ANISTIA AMPLA E IRRESTRITA, ACORDADO POR AMBAS AS PARTES. A palavra foi quebrada e, quem faz acordo com quem sequer caráter tem? Portanto, difícil ver uma normalidade após essas eleições, seja em que resultado tiver.
No frigir dos ovos, conta apenas a realidade da continuação de uma agenda de subjugação de toda uma nação, de toda uma sociedade e a destruição de seus pilares republicanos, ou na tomada de atitude contra os crimes e seus criminosos.
Não tem terceira via...porém, como vivemos num país surreal...TUDO É POSSIVEL...ate o inimaginável!!!
Em resumo, o país vem descobrindo que trabalha ( 12 anos!) para sustentar outras nações comandadas por debilóides de esquerda, que sequer conseguem se auto sustentar. E que fica com muito pouco do que produz...que vem sendo enganado e subjugado como um verdadeiro país de idiotas.

Os tempos a vir são preocupantes. SE CUIDEM!
...e que Deus continue nos guardando.

PS- Deus não nos desampara nunca! Passamos aquilo que é preciso para podermos crescer e avançar. Acima de tudo, acredite sempre nisso.


POSTADO POR MARQUER/ 
SEXTA-FEIRA, 24 DE OUTUBRO DE 2014