27 de janeiro de 2017

A bela septuagenária do BBB17.

0 COMENTÁRIOS


O Big Brother Brasil 17 incluiu entre seus participantes uma gaúcha om 70 anos de idade, Ieda, a mais velha de todas as edições. Todavia, a beleza dessa senhora, que já foi Miss Canoas em 1964, chamou a atenção dos telespectadores do reality show, exibido pela Rede Globo.


Ieda Wobeto entrou na casa mais viajada do Brasil e ganhou o carinho do público nas redes sociais, que ficou ainda mais chocado quando descobriu que a gaúcha é uma septuagenária. Realmente, Ieda não aparenta a idade que tem, é muito bonita e dona de um corpo muito bem conservado e em form


Mãe de quatro filhos -- Tulio, Rochele, Thales e Tanata --, a funcionária pública aposentada contou com uma ajudinha da medicina, assim que se separou do marido, quando tinha 50 anos. “Ela já fez abdominoplastica e a mama, depois deu uma puxada na papada e tirou o excesso de pele acima do olho. Nada mais. Confesso que essa beleza natural se dá aos poucos procedimentos que minha mãe realizou. Ela nunca quis ser guriazinha. Tem o maior orgulho da idade”.
Segundo Tanara, dieta e exercícios físicos não estão nas atividades favoritas da senhora. “Às vezes, fazemos caminhadas, mas o dia precisa estar bonito e ela com bastante vontade. Exercício não é seu forte, assim como dieta. Ela come de tudo, é do signo de Touro! Adora churrasco e assa um maravilhoso. Claro que, quando sente a calça apertar, faz uma dietinha reduzindo alguns alimentos, mas nada demais. Ela ama comer.
Ieda é super simpática, discreta, bem diferente das idosas que participaram em edições anteriores do BBB. Ela é elegante, refinada, extrovertida e com muita energia. Vida longa para ela no reality... Muito sucesso para ela e, quem sabe, uma excelente colocação na disputa. Vai, Ieda, que você tem chances!


9 de dezembro de 2016

Casamento faz bem para a saúde

0 COMENTÁRIOS

Pesquisa revela que os casados têm menor chance de sofrer de depressão e ansiedade e que são mais felizes do que solteiros
Maridos e esposas têm menor chance de sofrer de depressão e ansiedade
Parece óbvio dizer que o casamento faz bem para o casal.
Mas além das alegrias da união, uma pesquisa apontou que homens e mulheres ficam menos aptos a desenvolver depressão e ansiedade após o matrimônio.
Cerca de 35 mil pessoas em 15 países participaram do levantamento, conduzido pela psicóloga neozelandesa Kate Scott, da Universidade de Otago em associação com a Organização Mundial de Saúde e a Universidade de Harvard.
A pesquisa mostrou que casar é melhor para a saúde mental e também física das pessoas de ambos os sexos do que a "solteirice".
Os homens apresentam possibilidade menor de ter depressão no primeiro casamento do que as mulheres.
Por outro lado, o estudo mostra que o fim da relação por divórcio, separação ou falecimento está ligado ao aumento no risco de perturbações, como abuso de substâncias pelas mulheres e depressão nos homens.
Dicas para um casamento ser bem sucedido
Conviver com alguém pela primeira vez não é fácil. Quando se trata de um parceiro com quem você acabou de se comprometer pelo resto da vida, a situação pode ser ainda mais complicada.
A vontade de ser perfeita, de satisfazer as vontades dele e de evitar que ele se arrependa de ter casado com você geram uma tensão desnecessária, quando o que deveria acontecer é os dois desfrutarem e se adaptarem à vida a dois.
Para isso, é preciso justamente que não fiquem juntos o tempo todo. Ou seja, dar espaço ao outro é essencial para que haja aquela vontade de se verem, como acontecia quando não conseguiam se ver todos os dias.
Confira algumas dicas para que nada fuja do controle e o casamento seja um sucesso.

Mãos à obra

A primeira manhã em seu novo lar, hora de dar aquele toque pessoal. Comece a decorar e ajeitar o espaço em conjunto. Fique atenta para não pintar os cômodos de rosa: lembre-se de que a casa também é dele.

Fique sempre linda
Ele ser seu marido não é desculpa para que você se descuide da sua aparência. Toda vez que ele te olhar, ele deve se lembrar por que te escolheu como esposa e companheira.

Autocontrole
Tenha em mente que a convivência pode trazer à tona algumas características dele das quais você pode não gostar. Antes de começar uma briga, respire fundo e tentem chegar num acordo.

As primeiras noites
Provavelmente ele não te olhará tão apaixonadamente como antes, nem com tanto desejo. A rotina e os assuntos da casa podem inibir um pouco a paixão. Não deixe que ela morra: faça surpresas à noite sempre que possível.

Transparência nas contas
É importante, desde o primeiro dia, que as contas sejam bem feitas para que o dinheiro nunca seja um problema. Procure adequar os gastos de acordo com a capacidade econômica de cada um.

Diga "não" às pequenas discussões
Tente não repreendê-lo como se fosse sua mãe e estabeleça tratos e acordos para dividirem a casa, o banheiro e o controle remoto da televisão.

Surpreenda-o
ão perca as pequenas coisas que fizeram com que vocês se apaixonassem. Coloque um bilhete de amor no bolso dele, faça uma visita inesperada, dedique uma canção, prepare uma noite romântica. O importante é manter acesa a chama do amor.

Aceite-o como ele é
Lembre-se de que nem todo o amor do mundo é capaz de fazer com que ele mude alguns hábitos que podem parecer irritantes. Ele já era assim antes de vocês se casarem, e mesmo assim você decidiu juntar-se à ele. Então não tente fazê-lo mudar mais do que ele estiver disposto a mudar.

Não seja possessiva
Só porque você se casou com ele, não quer dizer que agora é dona da vida e do tempo do seu marido. Deixe que ele tenha sua independência e seus espaços. Não proíba que os amigos dele o visitem, nem que ele saia para tomar uma cerveja com eles. Também não pegue no pé se ele chegar mais tarde, porque você também vai querer ter esse tempo para curtir suas amigas.

Sempre amigos
Por fim, nunca deixe de ser sua amiga. Faça com que ele tenha, em casa, tudo o que ele precisar, e procurem se divertir com as mesmas coisas de antes, como viagens, cinema, um passeio, festas. Dessa forma, ele nunca terá que procurar isso em outros lugares ou com outras pessoas.  

14 de novembro de 2016

O mundo das fantasias femininas na terra do faz de conta!

0 COMENTÁRIOS


Vivemos em uma sociedade que valoriza imensamente a juventude e a beleza, diminuindo o valor da falta delas, ou seja , desvalorizando a velhice. 
Numa sociedade altamente consumista como a atual , a juventude deve ser perpetuada a qualquer custo, lançando-se mão para isso de tudo o que possa existir no mercado do rejuvenescimento, sem regras, que prometa a eterna juventude.
É verdade que no mundo da fantasia tudo e todos podem ser como se queira que sejam. Assim, geralmente não se espera que tal promessa de eterna beleza seja mesmo verdadeira, mas que simplesmente leve a pessoa ao mundo da fantasia e do faz de conta, que pode dar credibilidade até mesmo ao mais desconfiado dos seres vivos que vivam preocupados com a questão do envelhecimento.
Há bem menos de cinqüenta anos atrás, uma jovem tinha como meta de beleza conseguir manter-se bela e desejável pelo menos até a chegada do primeiro filho. Diga-se ainda que isto era mesmo o máximo de sonho que ela poderia Ter quanto à sua questão estética. Tampouco era esperado mais que isso para ela, salvo raras exceções em que fosse financeiramente estável e pudesse contar com a ajuda de pessoas que a ajudassem na trabalhosa dedicação ao “ser bela”.
Hoje, uma garota de quinze anos já sabe muito bem qual o “defeito”, “problema”, “falta”, excesso” ou outras coisas mais, que quer corrigir em seu corpo ainda de menina, que já se acha mulher. Em plena idade de despedir-se de suas bonecas de vez, a menina-moça, como era chamada há muito tempo, tem que se preocupar em agradar ao mundo da beleza obrigatória e corresponder ao bendito padrão de beleza, todos tão essenciais para se ser feliz nos dias atuais. É exatamente esse o pensamento vigente na maioria das cabeças das tantas adolescentes existentes neste nosso mundo de hoje.
No lugar de fadas e histórias de amor, ela carrega como sonho Ter um bom personal trainner, um bom dermatologista, um bom cabeleireiro, uma boa grife para vestir e um bom cirurgião plástico. É evidente que se uma garota tem orelhas de abano que a impedem até mesmo de usar um gracioso “rabo de cavalo” nos cabelos, fazer uma cirurgia corretiva pode até mesmo fazer-lhe muito bem. Não estou referindo-me ao problema real, mas sim ao problema que existe apenas na ótica da própria pessoa.
Realmente a busca pela eterna beleza é coisa que vem de muito longe na história da humanidade, porém, nunca se deu tanta atenção a isto como nos dias de hoje. Parece até mesmo descabida a preocupação para com a aparência, como se ser belo e jovem fizessem realmente toda a diferença na vida das pessoas. Esquecem-se elas, no entanto, que se a beleza hoje em dia é fundamental, outros tantos fatores também são extremamente importantes para que uma pessoa se dê bem na vida. Isto é, há outros fatores que fazem toda a diferença na vida de uma pessoa, seja ela jovem ou não.
Mas , nossa sociedade tão necessitada de um consumo desenfreado, tenta embutir nas pessoas a idéia de que para ser feliz é preciso fazer... fazer academia, fazer tratamentos mil, fazer plástica reparadora. Que para ser feliz é preciso ser sempre jovem, corrigindo, de tempos em tempos, as linhas que esse mesmo tempo insiste em acentuar. Por isso talvez é que a indústria da beleza e da cosmetologia seja sempre a que mais se desenvolve a nível mundial.
Quem quer na verdade ver partir um rosto de aparência juvenil? Quem em sã consciência deseja deixar de ser jovem, dinâmico e belo? Claro que ninguém. Porém é urgente que se devolva às jovens e às mulheres em geral o senso principal da feminilidade, a questão da liberdade feminina de optar-se por ser como se quiser ser. É necessário fazer com que uma jovem saiba que sua missão como mulher vai muito além do simples prazer que possa proporcionar com seu belo visual. É preciso fazê-la ver que sendo o verdadeiro foco do concorrido mercado da beleza, tornou-se submissa a ele pela própria característica que ele tem.
Ao vender sonhos de beleza eterna, a indústria da beleza vende a idéia de que para ser feliz é necessário ser bela para sempre, e só. Como se o saber e o fazer fossem componentes sem nenhum valor na personalidade de uma jovem.E embora o sábio mercado publicitário agregue à idéia da beleza o conceito da saúde e inteligência, fica implícita a mensagem de que para uma mulher Ter sucesso na vida ela tem que ser bela e eternamente jovem. 

Fica aqui a pergunta: para que servirão as lições aprendidas em tantas lutas sociais que tiveram como bandeira a emancipação feminina? Será que ficaram perdidas num pote de um caro creme rejuvenescedor? Será que acabaram dentro de um mero tubo de tinta que servem apenas para esconder os cabelos brancos tão reveladores da falta de juventude? Será que ficaram calcadas nas finas linhas do tempo que insistem em vincar uma pele antes jovem e macia? Diga você, mulher, jovem ou não, para que serviram afinal tantas batalhas travadas pelas nossas avós?

6 de novembro de 2016

O Miss Universo 2016 será nas Filipinas...

0 COMENTÁRIOS


Miss Universo 2016 já conta com dezenas de candidatas eleitas – no total mais de 100 países devem ser representados. Ao contrário da organização do Miss Brasil, que elegeu nossa representante apenas no dia 1º de outubro, existem países que se preparam com bastante antecedência. Enquanto por aqui não havia nenhuma eleita nos estaduais, o MU já contava com diversas candidatas. E o Miss Universo será realizado nas Filipinas, no dia 30 de janeiro de 2017. A apresentação será de Steve Harvey, ele mesmo, na companhia da belíssima Olivia Jordan, Miss EUA 2015.

Miss Brasil, Raissa, é belíssima. Aposto nela para levar a coroa!

Pia Alonzo Wurtzbach, que foi eleita num dos episódios mais polêmicos da história do concurso, vai coroar sua sucessora em casa. Esta será a terceira vez que as Filipinas sediarão o concurso (foram sede em 1974 e 1994). O concurso acontece em 29 de janeiro de 2017, mas devido ao fuso horário, aqui no Brasil já estaremos no dia 30. Quanto ao horário, provavelmente será entre 21h e 23h de domingo.

Será que o Brasil volta a passar pelo TOP 15? Nas duas últimas edições nossas representantes pararam na primeira eliminatória, interrompendo uma sequência de TOPs 5.A WME-IMG, gigante do setor de moda e entretenimento, adquiriu os direitos da franquia Miss Universo, que antes eram de Donald Trump. A WME é basicamente uma agência de talentos, sediada em Beverly Hills, fundada em abril de 2009. Ela representa artistas em todas as plataformas de mídia: filmes, televisão, música, teatro e internet.

Neste espaço, logo no começo do post, vai estar reservado para trazer as últimas notícias do concurso. Sempre que divulgarem notícias importantes, elas estarão aqui, em ordem de data.

03 de janeiro de 2016 | Todos têm curiosidade de saber quais os prêmios para a vencedora do Miss Universo. Veja então a lista do que Pia Wurtzbach ganhou: 
US$ 250 mil (quase 1 milhão de reais, já que o dólar está pertinho dos R$ 4) 
Salário considerável (mas não divulgado) 
Aluguel de um apartamento de luxo em Nova York por 1 ano (ou até terminar seu reinado), sem precisar pagar absolutamente nada – inclusive roupas e alimentação 
Ela será membro da New York Film Academy of Visual Performing Arts, por um ano 
Um ano de produtos para cabelos da CHI 
Uma coroa de diamantes de 120 mil dólares 
Muitos sapatos da grife chinesa Laundry Shoes 
Direito de frequentar a academia Gravity Fitness por um ano 
Ensaios com o fotógrafo Fadi Berisha, responsável pelas fotos “glam” do Miss Universo 
Um guarda-roupas completo com grifes não divulgadas pela organização.

Uma curiosidade (ou característica?) do Miss Universo foi levantada pela Miss França do ano passado; a bela disse que as competidoras das Américas são privilegiadas. E não deixa de ter uma certa razão. Basta lembrar que nas últimas oito edições do Miss Universo as vencedoras foram de: Venezuela (em 2008, 2009 e 2013), do México (em 2010), Estados Unidos (em 2012) e Colômbia (em 2014). Quem “furou” esse domínio foram a angolana Leila Lopes, na edição 2011 realizada em São Paulo e agora com a filipina Pia Alonzo Wurtzbach. Curiosamente, a única europeia a figurar no TOP 5 da última edição foi exatamente a francesa.

A última europeia a conquistar o Miss Universo foi Oxana Fedorova, da Rússia, em 2002; mas logo depois foi destronada dando lugar à Justine Pasek, do Panamá (apesar de ser ucraniana de nascimento). A última europeia, de fato, a ser coroada foi a Miss Noruega, Mona Grudt, em 1990. Não à toa, os concursos nacionais do velho continente dão preferência para o Miss Mundo.A Record transmitirá o concurso.
Fonte: Blog Curiosando.

26 de outubro de 2016

As proezas cirúrgicas de Anitta!

0 COMENTÁRIOS



                                           Anitta, linda, antes das cirurgias! 

Genteeee, Que que é isso na boca da cantora Anita? Valha-me, meu São Benedito! A moça parece ter perdido totalmente a noção de proporcionalidade, de estética e do que seja realmente beleza. Diante de tamanho exagero, não temo em afirmar que a rebolativa diva do funk já resvalou inapelavelmente para o universo da bizarrice, do ridículo. 
A jovem já se submeteu a um sem número de procedimentos cirúrgicos no corpo e no rosto. Se ela continuar assim, vai acabar ficando irreconhecível. As fotos abaixo comprovam o que estou escrevendo:




Anita corre o sério risco de, daqui a pouco tempo, olharmos para ela e simplesmente não a reconhecermos. Será que a moça está com a síndrome de M. Jackson? Ou será mesmo uma inexplicável admiração pela boca do Pato Donald? Este último caso é o que a foto abaixo sugere:
Alguém tem dúvida de que Anitta vem se esforçando ao máximo para se tornar a Gretchen2030? Claro que não. Nesse campo minado só se tem certezas. Senão vejamos as proezas cirúrgicas da rebolativa diva do funk: A mimosa moça já tirou ali, já esticou aqui, já siliconou acolá e por aí vai, firme e audaciosa, modificando o corpinho e o rostinho, bem bonitinhos, que Deus lhe deu. Pois é, o dinheiro é dela, o corpito e, principalmente, os lábios super turbinados são dela... né mesmo? Nada temos a ver com isso, ficamos fofocando por pura inveja da belezura estonteante da jovem poderosa!
Acontece que o exagero de alguns procedimentos é tão medonho que corremos o risco de não mais reconhecer a moça. Anitta parece ter perdido de forma absoluta a noção do que é beleza, de proporcionalidade e de adequação, e resvalando irrecorrivelmente para o perigoso território da bizarrice, do ridículo. Se ela continuar com essas sucessivas cirurgias correrá o sério risco de tornar-se irreconhecível.
Vá lá que ela seja vidrada na boca do Pato Donald! Mas, daí a copiar o modelito e ficar com essa beiçola donaldesca... é demais! 
De tal forma a jovem beiçuda vem exagerando que agora já se torna difícil saber distinguir se ele fez algum procedimento nas bochechas para inflá-las ou se se trata de uma make de péssima qualidade. O fato é que a cantora apresentou-se no “Show das Poderosinhas” na noite do domingo, 9, em São Paulo, um tanto esquisita:

13 de outubro de 2016

A exuberante beleza da Miss Brasil 2016!

0 COMENTÁRIOS

A belíssima Raissa Santana é a Miss Brasil 2016! A representante do Paraná foi coroada em 1º de outubro, no Citibank Hall, em São Paulo, pela gaúcha Marthina Brandt, MB 2015.
Apesar do título ir para o ranking o Paraná, os baianos podem comemorar muito, já que Raissa nasceu na Bahia e se mudou para o Paraná quando criança.

E depois da vitória de uma loira, voltamos a ter uma Miss Brasil negra, finalmente! E Raissa é apenas a segunda negra coroada Miss Brasil Universo em todos os tempos! A primeira (e única até então) foi bela e estilosíssima Deise Nunes, em 1986; há exatos 30 anos. Vale salientar que a terceira colocada ni concurso é também negra e linda!
Esta foi a primeira edição do MB 100% sob o comando da Be Emotion, linha de produtos de beleza da Polishop. Tirando o fato da premiação da Miss Be Emotion (no lugar da tradicional Miss Simpatia) praticamente tudo continuou como antes, em termos de organização; inclusive as constantes alterações nas datas dos estaduais. Uma pena.
Claro que pequenas evoluções aconteceram, como a coroação em traje de gala; um pedido antigo dos fãs do mundo miss, mas é pouco para esses mesmos fãs que almejam ver novamente uma brasileira com a coroa de Miss Universo. 

É digno de nota que o fato de pela primeira vez termos tido seis candidatas negras em um concurso Miss Brasil. Este é um fato para ser comemorado, pois sintomatiza uma mudança de atitude super louvável por parte das moças negras brasileiras. Espero que elas continuem participando e destacando-se nesse tipo de evento. Vale observar a beleza dessas seis jovens afrodescendentes.

Miss Rio Grande do Norte. Segunda colocada

As três finalistas. A terceira colocada, Miss Maranhão, também é negra e linda! 
Raissa Santana agora começa uma intensa reparação, justamente, para o Miss Universo, que acontece em 30 de janeiro de 2017.
A Miss Brasil 2016 ganhou além da coroa e da vaga no Miss Universo, uma viagem com acompanhante para a Itália, onde irá conhecer a matriz da Gama Italy (fabricante dos produtos Be Emotion) na cidade de Bologna; ganhou também um conjunto de jóias da Vivara e 1 carro Kia Picanto 0 km. E para finalizar, um contrato com a Polishop no valor de R$ 100 mil.
A segunda colocada foi a Miss Rio Grande do Norte e a terceira foi a Miss Maranhão.As duas ganharam uma viagem com acompanhante para Cartagena das Índias (Colômbia) e um conjunto de jóias da Vivara.

Vencedora: (Paraná) Raissa Santana
2º lugar: (Rio Grande do Norte) Danielle Marion
3º lugar: (Maranhão) Deise D’anne


16 de setembro de 2016

Eu gosto de ser velha! Libertei-me!

0 COMENTÁRIOS


Fico incrédula muitas vezes ao me examinar, ver as rugas, a flacidez da pele.
Um dia desses uma jovem me perguntou como eu me sentia sobre ser velha. Levei um susto, porque eu não me vejo como uma velha. Ao notar minha reação, a garota ficou embaraçada, mas eu expliquei que era uma pergunta interessante, que pensaria a respeito e depois voltaria a falar com ela. Pensei e concluí: a velhice é um presente. Eu sou agora, provavelmente pela primeira vez na vida, a pessoa que sempre quis ser.
Oh, não meu corpo! Fico incrédula muitas vezes ao me examinar, ver as rugas, a flacidez da pele, os pneus rodeando o meu abdome, através das grossas lentes dos meus óculos, o traseiro rotundo e os seios já caídos. E constantemente examino essa pessoa velha que vive em meu espelho (e que se parece demais com minha mãe), mas não sofro muito com isso.
Não trocaria meus amigos surpreendentes, minha vida maravilhosa, e o carinho de minha família por menos cabelo branco, uma barriga mais lisa ou um bumbum mais durinho.
Enquanto fui envelhecendo, tornei-me mais condescendente comigo mesma, menos crítica das minhas atitudes. Tornei-me amiga de mim mesma. Não fico me censurando se quero comer um bolinho-de-chuva a mais, ou se tenho preguiça de arrumar minha cama, ou se compro um anãozinho de cimento que não necessito, mas que ficou tão lindo no meu jardim. Conquistei o direito de matar minhas vontades, de ser bagunceira, de ser extravagante.
Vi muitos amigos queridos deixarem este mundo cedo demais, antes de compreenderem a grande liberdade que vem com o envelhecimento. Quem vai me censurar se resolvo ficar lendo ou jogar paciência no computador até às 4 da manhã e depois só acordar ao meio-dia?
Dançarei ao som daqueles sucessos maravilhosos das décadas de 50, 60, 70 e se, de repente, chorar lembrando de alguma paixão daquela época, posso chorar mesmo.
Andarei pela praia em um maiô excessivamente esticado sobre um corpo decadente, e mergulharei nas ondas e darei pulinhos se quiser, apesar dos olhares penalizados dos outros. Eles, também, se conseguirem, envelhecerão.
Sei que ando esquecendo muita coisa, o que é bom para se poder perdoar. Mas, pensando bem, há muitos fatos na vida que merecem ser esquecidos. E das coisas importantes, eu me recordo freqüentemente. Certo, ao longo dos anos meu coração sofreu muito.
Como não sofrer se você perde um grande amor, ou quando uma criança sofre, ou quando um animal de estimação é atropelado por um carro? Mas corações partidos são os que nos dão a força, a compreensão e nos ensinam a compaixão. Um coração que nunca sofreu é imaculado e estéril e nunca conhecerá a alegria de ser forte, apesar de imperfeito.
Sou abençoada por ter vivido o suficiente para ver meu cabelo embranquecer e ainda querer tingi-los a meu bel prazer, e por ter os risos da juventude e da maturidade gravados para sempre em sulcos profundos em meu rosto. Muitos nunca riram, muitos morreram antes que seus cabelos pudessem ficar prateados.
Conforme envelhecemos, fica mais fácil ser positivo. E ligar menos para o que os outros pensam. Eu não me questiono mais. Conquistei o direito de estar errada e não ter que dar explicações. Assim, respondendo à pergunta daquela jovem graciosa, posso afirmar: “Eu gosto de ser velha”. Libertei-me! 

(Texto de autora desconhecida)